×

Guia de Serviços de Alagoas

Início Serviços Órgãos Unidades de Atendimento Centrais de Atendimento JÁ! Dados Abertos Sobre

ADMINISTRAÇÃO DE INSULINA

O que é?

administração de insulina por via subcutânea (por baixo da pele).no tecido adiposo Para administrar a insulina deve fazer uma prega na pele com o dedo polegar e com o indicador e injetar com a agulha perpendicular à pele. A agulha não deve ser retirada imediatamente, espere 10 a 15 segundos. 

Etapas para a realização deste serviço

  • 1

    atendimento



    • Pacientes atendidos nas unidades 

    • O paciente é atendido na recepção e encaminhado  ao serviço de enfermagem que  encaminha ao atendimento Médico  para avaliação e procedimentos 


    • No caso de ser atendido no HGE e UEA  

    • O paciente é acolhido na recepção, onde é preenchido ficha de cadastro e encaminhado para classificação de risco


    • Acolhimento do paciente identificando e classificando o grau de risco, vulnerabilidade e sofrimento de modo a estabelecer a ordem de prioridade e o tempo limite para o atendimento médico, utilizando-se de protocolo seguro. Considera-se um único procedimento mesmo que haja outras classificações do mesmo paciente.

      Ao chegar à unidade médica, o paciente é avaliado por um enfermeiro, que após uma breve avalição irá encaminhar o paciente para um profissional de nível superior, como um enfermeiro chefe ou médico, 

      A classificação é realizada com base nos sintomas apresentados pelo paciente, assim como queixas, sinais vitais, saturação de O2, escala de dor, etc. Após essa avalição inicial, o paciente recebe uma pulseira de identificação hospitalar com a cor correspondente ao seu quadro e segue para o atendimento ou aguarda o momento de ser atendido, de acordo com os critérios do Protocolo de Manchester de Classificação de Risco, o qual visa determinar a prioridade clinica do paciente.




    • Atendimento medico




    • O medico atende o paciente  avalia e encaminha para procedimentos necessarios , como exames  , fazer medicação , internar ; conforme a necessidade do paciente




    •  


    • Após atendimento medico e indicado  procedimento  a enfermagem providencia a realização;



    • Observar a prescrição médica: data, nome do paciente, tipo de insulina prescrita, dose prescrita, via de administração, horário prescrito e verificar a graduação da seringa;


    • : A seringa de 100 unidades é graduada de 2 em 2 unidades.



    • Retirar a insulina da geladeira, onde fica conservada e esperar de 15 a 30 min;












    •  
         


    • Lavar as mãos

    • Preparar o material (algodão, álcool, seringa, agulha e insulina).

    • As insulinas de aspecto leitoso como a NPH devem ser homogeneizadas antes de serem aspiradas, para não formarem grumos nem cristais e serem administradas na concentração correta;

    • Realizar assepsia do frasco de insulina com algodão e álcool a 70

    • Aspire, na seringa, a quantidade de ar igual à dose de insulina prescrita, mantendo a agulha tampada. Introduza a agulha através da tampa de borracha. Injete o ar que estava na seringa para dentro do frasco com um movimento firme;

    • Vire o frasco e aspire à dose de insulina prescrita, lentamente. Verifique se há bolhas de ar: se houver bater suavemente com os dedos na seringa para retirar as bolhas de ar e acertar a dosagem, devolvendo o excesso para o frasco. Desvirar o frasco e retirar a agulha;

    • Levar o material até o leito do paciente;

    • Identificar-se para o paciente e familiar;

    • Checar o nome do paciente;

    • Orientar o paciente e familiar referente ao procedimento;

    • Posicionar adequadamente o paciente para administração da insulina;

    • Proceder à antissepsia da área escolhida;

    • Fazer a prega de tecido segurando entre os dedos polegar e indicador, com a mão não dominante, introduzir a agulha de forma rápida, num ângulo de 90º (agulha 13x4,5) e bisel lateralizado, em caso de crianças e pacientes magros usar um Ângulo de 45º;

    • Administrar a medicação lentamente;


    • Após administração, manter a agulha no local de 6 a 10 segundos, para impedir que a insulina reflua e depois retirar a agulha na mesma direção, para não realizar novo trajeto e não causar traumas;




    •  

       

       

       

       

       

       

       



    Documentos necessários:

    • Solicitação Medica e Sempre que possível carteira de identidade , CPF, Cartão SUS

    Canais de atendimento:

    • presencial: Endereço: Avenida Siqueira Campos, 2095, Trapiche da Barra, Maceió-AL • Telefone: (82) 3315-3281/3277 Endereço: Rodovia AL 220 km 05 S/N, Senador Arnon de Melo, Arapiraca/AL • Telefone: (82) 3539-8634

Outras Informações

Unidades

Hospital Geral do Estado Professor Osvaldo Brandão Vilela

SAMU 192 - Serviço de Atendimento Movel de Urgencia

 

Ambulatório de Urgência 24h Assis Chateaubriand

Unidade de Apoio Assistencial Denilma Bulhões

Unidade de Apoio Assistencial Dom Miguel Fenelon Câmara

Unidade de Apoio Assistencial 24h Dr. João Fireman - Jacintinho

Unidade De Apoio Assistencial 24h Noélia Lessa

 

Unidade de Emergência Dr. Daniel Houly

Hospital Geral Professor Ib Gatto Falcão

Clinica Infantil Daisy Breda

Unidade Mista Dr. Antenor Serpa

Unidade Mista Dra. Quiteria Bezerra De Melo

Este serviço é gratuito para o solicitante


Este é um serviço d(o)a Secretaria de Estado da Saúde. Em caso de dúvidas, reclamações ou sugestões favor contactá-lo, use o(s) telefone(s) (82) 3315-1103/1104/1105.


×
×